Ouvindo a voz de Deus numa paquera via Internet

Sendo você um cristão sincero e interessado em conhecer uma cristã também sincera, e ambos usando a WEB, o caminho é este…

Namoro-internet-2Todos nós sabemos muito bem que a realidade virtual não é vida para ninguém viver. Nós fomos criados por Deus para vivermos em comunhão, encontrar nossos semelhantes e trocar as bênçãos da convivência e da amizade. Então os encontros humanos estavam, desde que Deus planejou a Criação, como que programados para nos fazer viver uma vida social real, fora de redes sociais e de ambientes como a MATRIX do famoso filme homônimo, que mostra muito bem os males de uma sociedade manipulada por uma elite desumana, governada por máquinas desumanas. Todavia, como a vida virtual também imita a vida real, a paquera online faz parte da história dos tempos modernos, e (pasme) tem ajudado muita gente a encontrar um bom futuro matrimonial. Pode crer.

Pior: Tudo na internet é puro “marketing”; é mera aparência; é faz de conta e gente querendo aparecer; e tudo isso pode arruinar a qualidade de um relacionamento a dois, o qual precisa ter toda a “infra-estrutura da transparência total” e também uma amizade de confiança, que possa oferecer a estrutura ideal para quem procura um namoro decente, ou um caminho menos arriscado no jogo do amor.

Foi para oferecer esta estrutura ideal que nasceu a Agência “Casamento-a-Três”, que pessoas interessantes e interessadas podem encontrar facilmente no Google. É claro que na paquera face a face também existe o marketing: roupa, cabelos, unhas… enfim, pessoas sempre buscando o melhor visual, e isto a rigor não é ruim (até porque a primeira impressão teima em ter mais peso na avaliação dos outros, e quase ninguém presta a atenção devida às impressões posteriores).

Lágrimas na Internet-2Mas então, como fazer para dar certo uma paquera online? Devem-se enviar fotos com filtro? Usar Photoshop? Expressar aquele sorriso de gesso? Amostrar-se? Não. Nada disso! Não devemos esquecer que quem sobe num pedestal já está bem à vista, e se não encontrar olhos amigos, será derrubado na primeira oportunidade. Lágrimas poderão rolar…

A mesma regra vale para o ambiente online: não se deve ter medo nem confiar demais em pessoas desconhecidas, e por isso buscar conquistas mais demoradas e calculadas é a pedida certa, não esquecendo de “catalogar” as afinidades, aquelas que amanhã terão peso maior na decisão de manter ou acabar uma relação.

namoro-internet20Claro que existem programas, sites e aplicativos de paquera, como o “Tinder”, o ‘Flert’, o “Be2” e o “Ca3”, que podem idealmente facilitar as coisas, tal como aconteceu na vida do “casal Valente”, fundadores do Casamento-a-Três. Além disso, há ainda portais para chats e formas de conhecer pessoas via diálogo. Mas, cuidado! Você é cristão, e o mundo, como você sabe, está cheio de armadilhas esperando para fazer um “pato crente” cair nela. Ouro falso existe às pencas, mais do que bananas: Parece ouro, mas não é nem banhado! Gato que passa por lebre ou lebre que não passa de uma gata viralata.

Não confie no namoro-internetIsto tudo é coisa antiga, que a sabedoria popular ajudou a espalhar, mas que têm um papel fundamental para apontar bons caminhos. “Isto tudo é velharia”, dirão, “que não se adequam aos tempos modernos”, mas você é um cristão justamente porque acreditou numa sabedoria antiga, chamada Bíblia Sagrada, e por isso, usando a regra da própria Bíblia, não confie em quem você conheceu somente pela tela do monitor ou pelo seu smartphone (“maldito o homem que confia no homem”).

Pesquisas informaram que o sucesso na paquera mundana online depende muito mais da foto que você postou do que de todos os outros itens do seu perfil: veja como isto é o tipo da coisa mundana mesmo, pois o homem e a mulher não-renascidos se interessam muito mais pela beleza exterior do que os cristãos conscientes.

Logo, sendo você um cristão ou uma cristã, e por isso sabendo que é no seu perfil espiritual que estarão elencadas as virtudes que o(a) tornam diferenciado(a), preparado(a) por Deus para um só parceiro(a) a vida inteira, então sabe que é na sua conversa online que as coisas vão se encaminhar bem, pelo menos enquanto durar aquele “gelo” normal de dois desconhecidos em busca de um grande amor.

E nem ligue para o “resto”: valorize cada vez mais a beleza intangível, a espiritualidade, a conversa franca, e nem se preocupe, pois se o Evangelho diz que Deus sabe muito bem quais são as nossas necessidades (e Ele adora fazer surpresas), pode ser que aquela pessoa que você ainda nem viu o rosto, seja de uma beleza tão estonteante que um dia você lhe dirá: “Se eu tivesse inventado alguém para pedir a Deus, jamais teria sido alguém tão bela quanto você!”.

namoro-internet3Dá para comprovar tudo isso perguntando aos amigos e amigas por aí, sobretudo no ambiente da igreja. Aposte no valor secreto de sua fé para encantar sua alma gêmea com algo muito superior a um barbear bem feito e um sorriso forçado. Seu olhar pode ser marcante, mas não precisa ser sensual ou vulgar. Sua maquiagem pode aparecer, mas discreta e na medida da decência. Sua imagem pode bombar na WEB, mas mantenha seu estilo sóbrio de servo(a) de Deus, que é a marca registrada de sua personalidade comprada pelo sangue do Cordeiro. Porque, depois da primeira impressão bem construída, você quase nada precisará fazer, pois Deus assumirá seu propósito como só Ele sabe fazer.

Ah! Um detalhe: Capriche na sua conversa também no quesito falar bem: pessoas que falam errado são “broxantes”, pode crer! E não precisa falar muito, ou não tanto ao ponto de parecer surdo! Deixe sempre espaço para ouvir o(a) outro(a), que pode ser alguém que gosta mesmo de falar. Logo, basta comunicar bem o seu “eu” com toda transparência, e o resto o Espírito Santo fará.

Estas regras do falar direito estão bombando em tudo o que é site de relacionamento virtual e muita gente está repostando no Facebook: até mesmo aquelas “abreviaturas toscas de apressadinhos” não causam uma boa impressão, segundo pesquisas feitas nos EUA, e isso vale para qualquer língua, certo? Lembre que, como a Grande Rede é global, a paquera pode ser internacional, e então você precisa dar o melhor de si na hora de escrever, pois isso pesa e pesa muito no sucesso do flerte e da conquista. E Deus lhe abençoe em sua busca sincera.

Sobre John Valente

Prof. John Valente - Especialização: relacionamento conjugal cristão; Formado em Administração de Empresas e Teologia, especializou-se em Ciências da Religião, e participou de diversos cursos e treinamentos na área de relacionamento conjugal, inclusive o Seminário de Relacionamento Afetivo da “Agência de Casamento” que lhe apresentou à sua esposa.
Esta entrada foi publicada em Casamento. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code