Dicas para conseguir uma namorada “indicada por Deus”

Recentemente um colunista da WEB escreveu um artigo intitulado “Dicas para arrumar uma namorada”, e ali apresentou “instruções intuitivas” para ajudar homens tímidos (talvez) a sair de sua solidão e chegar a um padrão de vida onde há sexo todo dia… (conforme suas palavras)… – Este site dará as “mesmas” dicas para o homem cristão, descontando as “profanações”…

Casamento-a-Três na mãoNão há como fugir da seguinte constatação: estamos num terreno batido demais! Tão batido que se poderia perguntar se o leitor conhece alguém que ainda não tenha dado dicas para arranjar uma namorada, mesmo pessoas completamente inadequadas cuja vida foi sempre um insucesso para arranjar namorados(as). Ou então, pode-se perguntar: quem nunca leu nada sobre dicas para arranjar uma namorada?

Assim sendo, o campo já é complicado pela mesmice de 1.001 replays insistentes, como se seus autores estivessem tão certos da imaturidade de seus leitores que sempre desconfiam que estes precisam ouvir as mesmas coisas mil vezes! Pobres leitores de boa memória. Entretanto e contudo, nosso post não será uma mesmice, porquanto comporta orientações vívidas extraídas da Palavra de Deus, e que só poderiam ser repetidas se uma igreja as tivesse publicado, ou algum outro site cristão-evangélico.

Ora; no mundo, procurar uma namorada é, antes de tudo, satisfazer um desejo sexual pré-marital, sem rodeios e sem culpa, e ninguém se aventura a dizer alguma coisa que pelo menos faça alguém reconhecer os benefícios estratégicos da cautela, num planeta cheio de armadilhas e perigos de toda ordem. Afinal, o desregramento já chegou a tal ponto que muita gente hoje em dia acha até bom quando o sexo é feito com perigo e risco, e nem as estatísticas de estupros e assassinatos metem mais medo nas cabeças pré-excitadas de nossa geração.Log de Casamento-a-Três Transparent (180 x 250)

Assim sendo, devemos nos antecipar e dizer que o leitor não-crente não deve se iludir aqui: você não encontrará nada que lhe dê asas nestas linhas, ou nada que lhe excite ainda mais o instinto, pelo contrário, pretendemos expor as razões pelas quais os jovens cristãos podem ser mais felizes, mesmo quando esperam décadas por um “casamento-a-Três”. Com nosso conhecimento do que tem publicado o mundo, iremos filtrar e extrair o que for possível para ajudar o irmão sincero (que de fato deseja ter uma família cristã tradicional), oferecendo-lhe as orientações que o Espírito Santo nos possibilitou ver como úteis, se unidas à sua boa intenção apresentada diante de Deus.

Dica 1: Seja interessado

Como cristão, você sabe que seu alvo é o Casamento-a-Três, e por isso você precisa de alguém para dividir a vida inteira, e não apenas prazer. Aliás, para ter a boa vida conjugal, é preciso estar bem disposto a engolir sapos e outras chatices, sabendo que também fará o outro engolir sapos. Por isso, o primeiro sentimento é estar disposto a obedecer a Deus, se é que você está a fim de algo sério.

Dica 2: Seja interessante

“Ninguém se interessa pela falta de interesse”, como disse CS Lewis. Se sua personalidade tiver aquele brilho do perfume de Cristo e se sua conversa agradar, o mais provável é que você desperte interesse idêntico em quem você procura. Traduzindo, não seja uma mula para tomar iniciativa e nem uma bela poltrona silenciosa para a “gatinha” se sentar e dar atenção a outro. O Cristo que está em você e palpita seu coração deveria ser suficiente para despertar a jovem crente, pois ela quer, antes de uma comunhão com um homem, ver uma comunhão de fé com um futuro marido.

Dica 3: Seja inteligente

Cérebro tendo uma ideiaNossos professores sempre recomendaram que deveríamos ler mais livros, ver mais filmes, conhecer mais músicas, viajar mais, enfim, tudo isso que movimenta mais o seu cérebro e o faz ganhar conhecimento e saúde neuronal. Claro que isto não lhe fará um gênio, mas vai fazer a mocinha da igreja descobrir outros valores em você e distingui-lo dos seus “irmãos concorrentes”. Mas cuidado: nem se deve pensar que é curto para aprender coisas novas, nem pensar que é o cara mais inteligente do mundo”. In medio virtus.

Dica 4: Tenha um diferencial cristão

Já lhe demos esta dica acima… Mas ela também pode incluir coisinhas que as mulheres adoram, como flores e presentes românticos. Assim sendo, se você tiver um bom emprego isto pesará bastante na boa vontade dela; ou então se for apenas estudante mas tiver uma boa mesada de seus pais (isto não deve envergonhá-lo: quem mandou você querer namorar cedo demais?). Mas se você já tiver idade suficiente para ter um bom emprego e para propor um casamento no primeiro ano de namoro, então seu diferencial marital já está garantido, pois mesmo a moça crente não gosta de encarar seu futuro com um cara sem futuro. Todavia, fique com a dica anterior: ter algo a oferecer é ter um diferencial mental, boas ideias, boa conversa, bom relacionamento familiar, enfim, bom caráter.

Dica 5: Descubra pontos em comum com a pretendente

No mundo moderno isto se tornou muito mais fácil, pois a maioria das paqueras atuais começa pelo computador ou pelo smartfone. Caso você também use estes expedientes (e os use como um verdadeiro cristão), procure alguém que lhe faça rir na web, mas principalmente alguém que você consegue fazer rir: esta dica é infalível. Mas não se adiante muito, até descobrir que a simpatia dela é de fato por estar satisfeita com suas opiniões e bom humor, e não por algum defeito ridículo que ela tenha assim julgado em você. Dentro da web, você poderá até descobrir do que ela gosta antes da primeira conversa, ou antes de conhecê-la na igreja dela. Depois disso, é só tocar nesses assuntos ao vivo no ambiente eclesial, nas chegadas e saídas de culto.

Dica 6: Não procure alguém para te fazer feliz

Paletó do ObamaIsto é sério até a altura da gravata do paletó do Obama! Se você procura alguém PARA te fazer feliz, então qualquer um pode desconfiar que você ainda não tem Cristo. Pois é justamente o contrário: é por você já ser feliz e radiante que você quer encontrar sua alma gêmea para fazê-la feliz, sabendo que ela também já é feliz em Cristo. Do contrário, seu namoro poderá até desgraçar a vida de sua namorada ou namorado. E mais: a Bíblia deu esta regra até para o sexo: você não terá uma esposa para gozar com ela, mas para fazê-la gozar consigo. E vice-versa, pois o seu corpo pertencerá a ela e o corpo dela pertencerá a você e ambos pertencerão a Cristo, no “Casamento-a-Três”.

Dica 7: Visite os trabalhos de juventude de muitas igrejas

Você sabe que Deus está interessado em lhe ajudar a casar, sobretudo se você LHE tiver pedido uma esposa em oração. Mas assim como numa enfermidade não devemos só orar, aqui está o caso de você “facilitar” as coisas para Deus, frequentando ambientes sadios e espirituais de várias denominações cristãs, até que Deus aproxime de você aquela jovem que Ele tiver visto possuir virtudes capazes de se ajustarem a você. Claro que a Internet pode facilitar ainda mais as coisas, mas jamais deixe de lado a tremenda contribuição dos encontros de juventude e outros programas de relacionamento que sua igreja prepara para suas ovelhas.

Dica 8: Sem vaidades, use roupas decentes

George Clooney e Richard Gere (322 x 215)E você sabe muito bem: isso tudo vai muito além da mera “indumentária cristã”: se perfume; tome bons banhos; corte seu cabelo como o George Clooney ou o Richard Gere; apare bem a sua barba (pelo menos antes de conhecer a pretendente, porque pode acontecer dela gostar de um crente barbado com uma barba cheirosa); vá ao shopping e compre roupas da moda, dignas de um crente; e por último, procure criar um estilo só seu, pois será ele também um bom diferencial numa decisão que ela tomará perante outros irmãos…

Dica 9: Não procure alguém em específico

Linda musa rezandoEsta também você “já tá careca de saber”: quando um crente pede uma namorada a Deus, é Deus quem escolhe o tipo. Assim sendo, esteja aberto a qualquer uma, e esqueça a loura ou a morena de suas fantasias, pois aquela que Deus lhe enviar é a melhor de todas, pode apostar. E mais: se você tiver fixação por estereótipos, isto pode ser sinal de alguma idolatria oculta e seu prejuízo ultrapassará a sua vida terrena. É claro que você pode ter as suas preferências pessoais (isto não é nenhum pecado!), mas não deixe escapar a pessoa que você não procurou por ela não ser do seu tipo. Deus a procurou, e, por isso, pode apostar, você vai se surpreender (falo por experiência própria: quando encontrei a Malu, eu já havia desistido de procurar; e quando a via antes de nosso noivado, jamais imaginava que ela seria tudo aquilo que eu pediria a Deus: papai do Céu sabe dar exatamente o presente que pedimos no Natal! Pode crer)…

Dica 10: Nunca deixe de mudar algo em si (não seja acomodado)

Aqui está a dica mais importante: você é cristão e sabe o quanto somos regidos e manipulados pelos nossos impulsos, e o quanto temos de desordem em nossa cabeça. Assim sendo, siga a velha regra de Agostinho: “Todo cuidado consigo mesmo é pouco”. Nunca se acomode com seu estado interior, “mas transformai-vos dia-a-dia pela renovação da vossa mente”. Sim, aqui está o segredo: se você puder mudar e melhorar a cada dia para Deus, crescerá em graça e sabedoria até a estatura de Cristo. E pode crer: as jovens crentes perceberão que você é virtuoso e a cada dia dá melhor exemplo. Até pregando na igreja sua vida melhorará, e você será o marido que todas desejam. Só um último detalhe: Você mudará por causa de Deus, e não para ganhar uma namorada, entendeu? Afinal, somente Deus merece o posto de juiz de sua vida.

Sobre John Valente

Prof. John Valente - Especialização: relacionamento conjugal cristão; Formado em Administração de Empresas e Teologia, especializou-se em Ciências da Religião, e participou de diversos cursos e treinamentos na área de relacionamento conjugal, inclusive o Seminário de Relacionamento Afetivo da “Agência de Casamento” que lhe apresentou à sua esposa.
Esta entrada foi publicada em Casamento. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

3 respostas a Dicas para conseguir uma namorada “indicada por Deus”

  1. Raquel disse:

    Muito bom! Essas coisas acontecem quando Deus permite

  2. Doug disse:

    Interessante texto, eu como membro de uma certa igreja, acreditava que a garota no qual Deus escolheu para mim estivesse lá, mas quando se percebe que nem uma parece interessante pra mim, depois deste texto entendi que pode ser bom visitar cultos de jovens de outras igrejas. bem esclarecedor

  3. Michele disse:

    Gosteii, belo texto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code