Descobrindo o coração de um homem

Como saber se determinado homem está interessado em você e se ele deu sinais nos quais você pode confiar como sendo demonstrações seguras de interesse que vale a pena corresponder.

Descobrindo o coração de 1 homemEle lhe olhou, olhou, mas como olhou? Olhou demonstrando alguma intenção pela qual vale a pena lutar? Deixou você perceber isso, ou tentou esconder o ar vergonhoso da safadeza? Ele lhe sorriu? Sorriu como? Fez-lhe alguma pergunta vaga, ou sorriu calado? Enfim, essas são algumas das perguntas que você deve fazer para investigar se ele está ou não interessado em você, do modo como um cristão sério demonstraria se estivesse.

Mas então, prezada amiga, dizem que homens são fáceis de decifrar? Não é? Mas veja que isto nem sempre é verdade. Neste sentido, iremos lhe ajudar bastante. Passemos agora a analisar algumas instruções valiosas para quando se quer de fato saber o que realmente está por trás dos gestos de aproximação de um homem cristão solteiro. Nos acompanhe…

A linguagem verbal e a não verbal devem, portanto, ser bem observadas por você. Elas são as provas mais diretas de saber se ele está afim de algo sério ou não. Confira algumas formas de avaliar as duas linguagens e não ficar perdendo tempo com um “azarão”, ou pior, ficar criando falsas expectativas em um relacionamento que jamais passará de uma frustração. Veja:

Meu coração para meu amor31ª Observação: o homem que realmente está interessado em algo sério com você, e se sente confiante para se expressar, vai te dirigir a palavra e mais cedo ou mais tarde vai te chamar para conhecer a sua igreja ou a igreja dele. Um momento ou tempo depois, vai te dizer diretamente que está afim de um relacionamento sério, e que percebeu que você tem algumas afinidades imprescindíveis para a futura esposa que ele sonha. Isso acontece sempre? Se ele for mesmo cristão, a resposta é quase sempre: a exceção aqui é insignificante.

2ª Observação: Um outro tipo de cristão pode olhar bastante para você e até sorrir, mas vai ficar meio sem graça ou nervoso para falar coisas mais diretas. Assim, se ele está olhando bastante, pode apostar que é só uma questão de tempo: ele vai dar um jeito de se aproximar de você, nem que para isso tenha que pedir a ajuda de terceiros (geralmente, gente da igreja). Não se preocupe com isso: há outras boas razões para pedir ajuda a outros irmãos/irmãs, pois o próprio Cristo falou que usar este método é muito bom, até para questões de pecados e intrigas na igreja (Mt 18,15-17).

3ª Observação: Mas mesmo assim existem cristãos ainda mais tímidos, e isso irá exigir algo mais de você. Esses tímidos geralmente gostam de falar muito pouco e até adiar a conquista, ficando como que rondando até tentar uma aproximação “soft”, geralmente com ajuda de uma amiga sua ou irmã. E então, se ao conseguir essa ajuda, ele sorrir pra você, pode apostar que ele já se “declarou” à maneira dele. O nervosismo neste caso funciona como uma espécie de “trunfo” deste tipo de cristão. Certamente Deus está lhe trazendo um homem para você mesma ajudá-lo a perder sua timidez paralisante. Confie no Senhor e aja com ordem e decência.

Pavão empavonado4ª Observação: A chamada “Síndrome do Pavão”, ou do “Rapaz Empavonado”. Ele quer lhe impressionar, mostrando que é o “macho alfa” e que você não achará nada melhor do que ele no “mercado”. Se ele está fazendo de tudo para chamar a sua atenção, você pode ficar despreocupada: ou desista de vez ou dê uma de professora de EBD e mostre o quão distante ele está do padrão bíblico de conduta pessoal. Além disso, se ele busca saber a sua opinião sobre o que ele faz e pensa, e se se preocupa com o fato de você o estar achando muito presunçoso, então aí está dando indícios de que quer algo mais duradouro com você, e na verdade estaria apenas buscando mostrar suas qualidades e o que tem a oferecer. Pode ser um bom sinal.

Artista rindo-35ª Observação: Se ele provoca suas vaidades pessoais, se é meio “do contra” ou se é praticamente o contrário do item anterior, certo? Pois bem: Geralmente esse tipo de atitude é produto de desespero, talvez motivado por muitos insucessos no amor. Então, como quer algo sério e não se deu bem com nenhuma “candidata” anterior, quer vê-la sempre por perto, quer chamar sua atenção, quer fazê-la rir com apelidos dele ou até lhe contar fatos cômicos da vida. Porém cuidado, e tente distinguir caráter zombeteiro (que é péssimo) de um puro bom humor, que denotaria o bom interesse por traz de seus gestos aparentemente inconvenientes. Brincadeiras e bom humor sempre fazem parte de um ritual de conquista e, se isso vem acontecendo, é possível que ele goste muito de você.

6ª Observação: A mais simples de todas: Ele demonstra querer muito passar bom tempo com você e, pasme, sempre arquiteta planos velados para encontrá-la “casualmente”! (Este é um artista, no bom sentido). Ora, buscar proximidade significa que ele gosta de sua companhia, pra valer! Precisa de mais explicações? Se ele batalha para encontrar tempo vago para ficar ao seu lado, para conversar, para tomar um café, um sorvete, um sanduíche à beira-mar, etc., enfim, isso é demonstração de puro interesse, conforme os padrões bíblicos: possivelmente você encontrou o homem enviado por Deus para o seu futuro.

Debaixo dos caracóis7ª Observação: A forma como “elabora” seus elogios a você. Sim. Ele elogia, de modo ordeiro e decente, sua “inteligância” (inteligência + elegância), “os caracóis dos seus cabelos”, a forma como você se veste (conforme a decência bíblica), seu jeito de ser às vezes ‘durona’ quando não podia ser mansa, etc.. Enfim, ele quer que você se sinta bem ao lado dele e, assim, demonstra que é um cristão “lapidado” para você. E isso não é uma bênção dos céus? Claro! Quem não gosta de um homem que faz a coisa mais clichê do mundo: ele deixa você ir na frente “para ficar olhando o seu andar, linda!”. Ao final, ponha os joelhos em terra a agradeça mais este partidão que o Senhor lhe apresentou.

Finalmente, as dicas acima já tornam possível boa parte da sua percepção de se ele é o homem de Deus para você, e se está interessado na sua pessoa, e não nas inúmeras moças da igreja. Mas atenção: O que você descobrirá a mais sobre ele deve lhe encantar com moderação (deixe o melhor para o altar!), e durante todo o seu namoro com ele use bastante do “feeling” feminino, que sempre vê muito mais longe do que pode supor a inteligência masculina!

Sobre John Valente

Prof. John Valente - Especialização: relacionamento conjugal cristão; Formado em Administração de Empresas e Teologia, especializou-se em Ciências da Religião, e participou de diversos cursos e treinamentos na área de relacionamento conjugal, inclusive o Seminário de Relacionamento Afetivo da “Agência de Casamento” que lhe apresentou à sua esposa.
Esta entrada foi publicada em Casamento. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code