Cantadas que você NÃO DEVE dar!

Após entregar com toda honra uma página fixa com orientações sobre CANTADAS e modos corretos de galantear uma mulher cristã (vide menu ‘Cantadas’), este Site vem agora especificar aqueles tipos de cantadas que o homem cristão JAMAIS deve passar em mulher alguma.

Cantadas patéticas-7Cantadas patéticas, cantadas irônicas, cantadas humilhantes, etc., bem como aquelas “cantadas de pedreiro” (que são até engraçadas no Facebook ou em memes), não devem ser dadas em hipótese alguma. Coisas de mau gosto, tais como: “Até mesmo quando tu tá fedida, tu tá cheirosa”, mesmo quando são feitas com toda a sinceridade, devem ser evitadas a todo custo. Além do mau gosto, é de se levar em conta também a sensibilidade da alma a quem a cantada é dirigida, sobretudo no começo de uma relação.

Entrar por este caminho não deve ser tentado nem quando bate o nervosismo ou o desespero, e você tem que prometer isso a si mesmo, muito antes de iniciar uma paquera: não dizer nada que sua pretendente fique sem saber “onde colocar as mãos”… por assim dizer. Evitando este constrangimento e até um sonoro “fora”, suas chances no jogo do amor aumentam significativamente.

De qualquer modo, fique tranquilo, pois todo homem já pecou não só com uma, mas com várias cantadas dessas bem ruins, que fazem a mulher soltar aquele “afffff” profundo e nunca mais querer olhar na sua cara. Isto, pelo menos, é a regra no mundo – ou no que resta de decente no mundo – e para os cristãos não deveria ocorrer de jeito nenhum, pois as Escrituras ensinam como proceder para ser bem aceito por uma pretendente crente.

Zé Bocão

“Zé Bocão” quando abre a boca diz uma “sabidência prefeita”…

“Zé Bocão” já dizia que “nada é pió qui umas cantada péssima”. Com efeito, podemos comparar as cantadas com cartões de visitas: elas podem impressionar e “puxar” a mulher para seu projeto de vida; ou podem afastá-la de tal modo que você talvez nunca mais a veja na igreja e muito menos no mundo, o que indica que você cometeu um “crime espiritual” grave!

Mas então, o que deve ser dito? Isso depende de “um depende”. Você precisa ter, além da sua espiritualidade cristã, senso de oportunidade, inteligência, sensibilidade, pensamento rápido e tantas outras qualidades para conseguir uma vitória que o mundo chama de “conquistar uma mulher”.

Logo, fica muito mais fácil se você tentar aprender pelo lado inverso, isto é, sobre o que jamais deverá ser dito, seja por telefone ou ao vivo. Assim, a lista seguinte é para você, homem cristão, que quer algo mais que uma amizade com aquela moça de seus sonhos (e de suas orações); e para você, mulher cristã, que é quem irá reconhecer estas “cantadas” (senão todas, quase todas), fica a informação para enriquecer sua experiência e, quem sabe, uma boa diversão…

Do final do parágrafo anterior, os homens já podem colher uma boa dica: fazer uma mulher se divertir já é um bom ponto de partida… – Então vejamos os “papeados” que você jamais deve “confabular” com uma mulher:Mulher dando um NÃO em desmaio– (1) Nunca dizer – Nos primeiros encontros e talvez durante todo o namoro, jamais usar a palavra “gostosa”, ok? Esta palavra é, além de mundana, totalmente incompatível com a fé cristã que você e ela dizem professar. Então comece sempre com a ideia de ser fiel a Deus, e não aos modismos e mundanismos depravados, ok?… Mesmo no mundo perdido, poucas mulheres querem ouvir que são gostosas no primeiro segundo de conversa ou sem um mínimo de conhecimento daquele “cara enxerido que já está passando da conta”: não faça ela desmaiar de constrangimento na sua frente!

– (2) Nunca dizer – Mesmo cantadas aparentemente bem elaboradas podem ser um desastre. É o caso do cara que solta esta patada aqui: “Sonhei com você na noite passada, mas a realidade é muito melhor que o sonho! Acredite”. Essa cantada é velha e doentia, e mesmo uma mulher mundana vai achá-la uma babaquice e uma pieguice digna de vomitar em seu rosto. Decore: se seu juízo funciona bem, nunca dê uma cantada dessas!

– (3) Nunca dizer – “Você tem uma irmã gêmea?”… Erro fatal! Mas deixe eu te explicar melhor, ouça bem: Toda mulher tem uma “sensibilidade” totalmente diferente da nossa, ao ponto de você, se disser isto, vai se defrontar com o seguinte paradoxo: “Falar de outra mulher, mesmo que seja ela mesma, nunca funciona”! (principalmente se ocorrer nos primeiros encontros). Aprenda que ali, naquele exato momento e lugar, Deus separou vocês dois do mundo inteiro, e no mundo não há mais ninguém a não ser vocês dois! Sacou bem? Aposte nisso!Linda de olhos verdes-1– (4) Nunca dizer – “Seus olhos são lindos”, e muito menos baixarias como “bumbum maravilhoso”, ou “bela comissão de frente”! Nada disso! São erros fatais! E cabe então perguntar: você é mesmo crente? Ou no planeta em que você vive não tem igreja? Porque se você dá uma cantada assim apelativa e barata, ou qualquer coisa do gênero, é porque você definitivamente nunca leu a Bíblia ou nunca ouviu uma homilia moral, ou então não quer nada sério com mulheres. Logo, se é para usar cantadas mundanas e idiotas, é melhor calar a boca! Acredite: seu silêncio vai funcionar muito melhor do que você soltar uma “pérola” dessas!

Enfim, essas são as “linhas gerais” para seu ‘trabalho’. Obviamente há muitas outras coisas detestáveis, cantadas horríveis e posturas inaceitáveis. Porém, se você é “um homem de joelho gasto”, como dizia Santa Teresinha, seu treinamento espiritual será sua bússola para chegar ao porto seguro de uma relação amorosa digna do amor de Deus.

Cantadas de todo tipo apodrecem e empobrecem o mundo

Você sabe o que é uma cantada? Experts a definiram como uma conversa sedutora ou “o grandioso ato de seduzir com palavras”. Então, para os que já estão “experts” nessa ciência, a boa cantada é uma questão de momento e de oportunidade, sobretudo quando pensamos em casais mundanos. O olhar, o clima e o instante exato seriam “as pupilas dos olhos da sorte”, para quem se lança no complicado jogo do amor sem qualquer base bíblica. Por isso, aos principiantes aconselha-se desistir de “cantadas prontas”, porque o mais provável é que o tiro saia pela culatra e a moça o ignore e você saia com o rabo entre as pernas, feito cachorro assustado. Pior, ela poderá pensar que você é um total babaca e só estava ali para tirar uma “casquinha”…

Cantada do colirioLembre-se que uma cantada mais apelativa pode ser considerada assédio sexual, e com isso vêm todas as implicações legais de tais procedimentos. Por isso, saber o limite entre uma cantada para paquerar ou um verdadeiro assédio sexual é um conhecimento que não pode faltar na cabeça de um crente, pois a diferença pode estar apenas na escolha das palavras certas, no respeito e na postura social.

Certamente, Cristo o motivou a controlar seus instintos até o casamento, e você deve evitar circunstâncias que favoreçam a Tentação, mesmo que esta lhe leve apenas a usar uma cantada dessas imorais (mas ninguém acredita que quem cede à cantada vá recuar antes de botá-la em prática! Lembre disso!).

Portanto, como o exemplo é a melhor forma de se aprender qualquer coisa, nada melhor do que conhecer cantadas reais que aconteceram no mundo não-cristão, no meio de gente famosa. Um dia poderemos vir a falar de cantadas entre cristãos, embora entre nós o segredo a sós com Deus é sempre a alma do negócio. Veja os exemplos que deram as seguintes “celebridades”:

Bruna Marquezine dá um fora sutilBruna Marquezine – “O cara chegou e falou: ‘Oi, meu nome não é Alface, mas pode me chamar de facinho’ [risos]”, conta. “Não tinha como eu fazer outra coisa senão dar risada”, contou Bruna.

Marcella Rica – Um cara chegou e me perguntou: “‘Você faz aula de canto? Então vamos ali para o canto?’… Eu não acreditei. Só parei e perguntei: ‘Você jura’?”…

Jonathan Haagensen – Segundo ele, essa é infalível: “Você chega na menina, segura no pescoço dela e pergunta: Cadê?. Aí, ela responde: O quê? E você diz: Meu beijo”. Esta é daquelas que um crente deve incluir no caderninho chamado “Nem Pensar”. Mas para quem não está na Videira, “quem sabe faz a hora”…

Sérgio Malheiros – “Olha nos olhos dela e fala com toda sinceridade: ‘Pô, perdi meu ursinho, dorme comigo esta noite?’”. Essa também é só para mundanos.

Carla Diaz – “Uma vez chegaram numa amiga minha que estava fantasiada de boneca. Daí um cara perguntou: ‘Você está vestida de quê?, e ela: ‘de boneca’, e o cara: ‘Então, quando posso te pegar no colo?’”, contou a atriz, que garante: “Não funcionaria de jeito nenhum comigo!”.

Azar no 'Beijo-súbito'Toni Lima – “Em uma festa que eu fui recentemente tinha uma garota muito bonita e eu apostei com meus amigos que chegava nela com uma cantada e eles duvidaram. Depois disso, eu fui falar com ela e disse: ‘Quer ver eu te beijar?’. Ela me disse: ‘Não’. Então, eu disse a ela: ‘Então fecha os olhos…’, e beijei. Ela retribuiu o beijo… Sinal que deve ter gostado”… – Não aposte nessa! Pois as moças que contamos esta história responderam todas que depois do beijo poderiam até “plantar a cara do cara”, ou partir para uma queixa de assédio (e olhe que três das nossas entrevistadas nem eram crentes! Logo, nem pensar!).

Mas mesmo que seja verdade, e o chamado “beijo súbito” funcione, o homem cristão deveria ser muito mais cauteloso antes de lançar esta porcaria para a moça! Afinal, ele também zela por sua própria imagem espiritual, a qual foi paga pelo preço da cruz! Mas, se ele viesse a pensar no “beijo súbito”, deveria evitá-lo tão logo recebesse o primeiro “não”, dado a qualquer pergunta na conversa inicial. Logo, fica claro que a diferença entre as cantadas mundanas e as cristãs é o bom caráter, que não força a barra jamais, e sempre reconhece a hora certa e a pessoa certa. Eis aí um mapa seguro para a rapaziada convertida pelo sangue de Cristo, e orientada pelo Espírito Santo.

 

Sobre John Valente

Prof. John Valente - Especialização: relacionamento conjugal cristão; Formado em Administração de Empresas e Teologia, especializou-se em Ciências da Religião, e participou de diversos cursos e treinamentos na área de relacionamento conjugal, inclusive o Seminário de Relacionamento Afetivo da “Agência de Casamento” que lhe apresentou à sua esposa.
Esta entrada foi publicada em Casamento. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code