A “Paquerologia” para a jovem cristã

Se sua fé já lhe levou a assumir com firmeza a determinação de cumprir a vontade de Deus “a qualquer preço”, então este artigo pode lhe ajudar a conquistar o homem de sua vida…

Jovens na paquera cristã-10Toda mulher tem um sonho acalentado em seu coração, o qual era bem conhecido em tempos passados, e hoje está quase inconfesso: encontrar o homem especial com quem valha a pena formar uma família. Porém a insegurança geral nos relacionamentos está de tal ordem que até a crente mais firme “trava”, só de pensar em como agir quando o tal ‘enviado especial’ aparece e lhe deixa a certeza de que é o escolhido de Deus. Pensando nisso, esta Agência “Casamento-a-Três” preparou algumas dicas para a jovem cristã se inspirar e não “pirar”. Veja:

SEJA VOCÊ MESMA

Esta é a coisa mais importante, por isso vem em primeiro lugar. Nunca use de fingimento nem mentira, pois se você conquistar o homem especial agindo com duas faces, ele deverá descobrir a face falsa na primeira cochilada sua e vai se sentir traído, pondo por água abaixo todo o seu trabalho para conquistá-lo.

CUIDAR BEM DE SI MESMA

Moça cristã com a Bíblia-3Estar confiante é fundamental em tudo na vida. Uma cristã solteira e confiante atrai os olhares de qualquer homem, sobretudo cristãos. Para estar confiante, a mulher tem que se “entender” consigo mesma, e não nutrir conflitos interiores. Cuidar de si não significa necessariamente cuidar da aparência: pode ser uma faculdade a fazer, pode ser um livro a ler, pode ser o engajamento maior com a igreja… Algo que, intimamente, te renove e te leve a gostar mais de si mesma. Isso traz a autoconfiança que os homens enxergarão em você e também trará o seu bem-estar, sem falar no aprimoramento do seu testemunho à igreja.

NÃO TENTAR INVENTAR ASSUNTO

Em algum momento de sua conversa inicial, o assunto pode acabar de uma vez e aí, pimba, pintou a insegurança. Então você ainda não se resolveu interiormente (volte à dica anterior). Assim, na hora ‘h’, tem que saber manter a calma, porque ficando nervosa você pode “falar água”, ou aquele tipo de papo vazio que um homem mais ajuizado detesta. Portanto, deixe a conversa fluir, e sua boa escuta e admiração às palavras dele farão verdadeiros milagres. E mais, se ele estava realmente interessado, vai puxar assunto de novo, até “ganhar-lhe o coração”, como diziam os antigos poetas.

A CONVERSA DE UMA PAQUERA NÃO É UM INTERROGATÓRIO

Não faça um interrogatórioNão dispare a fazer uma enxurrada de perguntas, como se estivesse investigando uma folha corrida. O rapaz vai se sentir no paredão e vai querer fugir, literalmente. Então tenha calma e paciência, que são santas companheiras da mulher de sucesso. Perguntas não são proibidas, pelo contrário, são até um bom sinal de interesse no rapaz, mas se você fizer uma atrás da outra, vai queimar seu filme. E lembre: se o cara também fizer perguntas, responda a todas com sinceridade. Lembre sempre que iniciar uma paquera para uma mulher cristã é também dar início a um relacionamento que pode durar a vida inteira, e por isso precisa ser algo feito com todo cuidado, paciência e senso de responsabilidade.

ELOGIE-O, SEM BAJULAÇÃO

Neste mister, homens não são tão diferentes de mulheres. Eles também gostam de ser elogiados ou admirados, como sinal de que estão confiantes e podem estar ainda mais com você. Por exemplo: Se vocês forem a um cinema, diga-lhe que adorou o filme que ele escolheu, ou a peça de teatro, ou a mensagem do pastor da igreja dele, etc.. Ele vai ficar muito satisfeito de saber que agradou você.

SEMPRE MANTENHA A CALMA

Outra moça aparece-1Com os nervos à flor da pele, qualquer história pode dar errado. Então mantenha a paciência, respire fundo, e aceite acontecer alguma coisa “chata”, como aparecer uma outra moça, se achegar e até sentar com vocês: é claro que ele, sendo um cristão verdadeiro, vai notar a intromissão da fulana decotada e vai “expurgá-la” de seu coração, reservando-o inteiro para você (talvez até invente uma desculpa para sair dali e ficar a sós com você). Assim sendo, se vocês forem jantar, não fique nervosa com uma hora de mais intimidade e muito menos com coisas bobas como etiqueta social (como se segura um garfo, como se come uma azeitona, como manter sua coluna ereta, etc.). A dica aqui é: se concentre no que você fala e no que ele fala. Este é o segredo máximo da ocasião e este segredo resolve tudo.

SEU SORRISO

Seria preciso falar o óbvio? Sorrir é “a menina dos olhos dos deuses no jogo do amor”, e você deve aproveitar bem aquele momento, que pode ser lembrado para o resto da vida de vocês! Demonstre que está feliz: o cara vai perceber que a companhia dele lhe agrada. Um sorriso espontâneo e verdadeiro é apaixonante para qualquer pessoa.

“OLHO NO OLHO” NEM SEMPRE

Olho no olho-01Em alguns momentos, essa pode ser a melhor coisa a fazer. Mas nem sempre. Olhares são muito desnudantes e alguma pedra preciosa, preparada por Deus para o altar ou para além do altar, pode escapulir pela janela azul de sua cabeça, e aí você poderá se arriscar à-toa: um olhar tem mil palavras, mas o momento inicial é para 100 ou 200 palavras. Mas é seu discernimento, seu equilíbrio e sua maturidade que devem ter a palavra de ordem. [Um segredo: mulheres consideradas “verdadeiras divas da sedução”, confessaram ter ganho muito mais atenção quando seu olhar se desviavaaquele “OLHAR 43” da música do RPM – e com o desvio ganharam toda a atenção da paixão que as levou ao altar].

Enfim, minha irmã, se o rapaz corresponder a tudo isso e também lhe devolver elogios, sorrisos, admiração e tudo mais, pode apostar que foi Deus quem lhe ensejou esta oportunidade, e você pode agarrá-la sem medo.

Sobre John Valente

Prof. John Valente - Especialização: relacionamento conjugal cristão; Formado em Administração de Empresas e Teologia, especializou-se em Ciências da Religião, e participou de diversos cursos e treinamentos na área de relacionamento conjugal, inclusive o Seminário de Relacionamento Afetivo da “Agência de Casamento” que lhe apresentou à sua esposa.
Esta entrada foi publicada em Casamento. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a A “Paquerologia” para a jovem cristã

  1. Pingback: Atitudes corretas para a jovem cristã decidir se um cara vale a pena | Casamento-a-Três

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code